Moradia Legal distribui, gratuitamente, 600 registros de imóveis em Penedo

Programa do Poder Judiciário já entregou 8.090 escrituras em 22 municípios do Estado

Possuindo apenas o recibo de compra e venda da casa onde mora há 15 anos, no conjunto Madre Espírito Santo, em Penedo, a agricultora Senaura Alves, 60, agora pode dizer que é dona de fato e de direito do imóvel, após receber, nesta sexta-feira (29), o título de propriedade do Moradia Legal II.

O programa de regularização fundiária do Poder Judiciário contemplou 600 moradores do município, sendo 400 do Conjunto Madre Espírito Santo e 200 do Conjunto São Gonçalo.

“Me sinto feliz e realizada com esse documento nas minhas mãos. Foi rápido pra receber, fiz o cadastro na Prefeitura e agora posso dizer sem medo, que a casa é minha”, destacou a agricultora.

A dona-de-casa Ivonete Gomes, 50, também recebeu o registro do imóvel onde mora com os dois filhos. “Já reformei a frente da minha casa e agora com essa possibilidade de conseguir um empréstimo no banco, quero ampliar ainda mais”, afirmou.

Desembargador Washington Luiz entregou título de propriedade à agricultora Senaura AlvesDesembargador Washington Luiz entregou título de propriedade à agricultora Senaura Alves

Atingindo a marca de 8.090 registros de imóveis distribuídos em 22 municípios do Estado, o Moradia Legal II deve entregar, até o fim do ano, 15 mil escrituras gratuitamente. “São 78 municípios participantes e os que ainda não aderiram, podem procurar a comissão do Moradia Legal II e se cadastrar”, lembrou o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Washington Luiz.

Iran Malta, vice presidente da Associação dos Notários e Registradores de Alagoas (Anoreg-AL), que na ocasião representou a comissão do Moradia Legal II, ressaltou a mudança de vida dos beneficiários, proporcionada pela segurança da escritura pública. “Desde a primeira edição do programa percorremos diversos municípios e é visível a melhoria nas localidades contempladas, que passam a ter melhor infraestrutura”.

O prefeito Marcius Beltrão afirmou que mais moradores devem ser beneficiados pelo programa em Penedo. “Agradeço o empenho da equipe que contribuiu para materializar esse programa. Espero que os membros do Poder Judiciário possa voltar para realizar o sonho de mais penedenses”, destacou.

Emanuelle Oliveira – Dicom TJ/AL
imprensa@tjal.jus.br – (82) 4009-3240 / 3141

http://www.tjal.jus.br/comunicacao2.php?pag=verNoticia¬=9874